29/03/2015

Cidades de Papel

  Bom John Green virou fenômeno com "A Culpa é das Estrelas", mas além desse livro ele lançou tantos outros, que na minha opinião, são melhores que esse.
  Quando comecei a ler Cidades de Papel, fiquei curiosa com os personagens, tão simples e encantadores.
  O Q ( Quentin) vai nos mostrar ao longo do livro que de vez em quanto temos que sair da nossa zona de conforto, fazer coisas loucas, coisas que nunca pensamos antes, e para isso ele vai contar com um empurrãozinho de sua amiga de infância, mas não tão amiga na adolescência, Margo Holt Spielgelman. 

   Q e seus amigos partem em uma viagem alucinante para descobrir o paradeiro de Margo que fugiu de casa, por motivos que descobriram ao ler, e essa é a mais louca viagem de sua vida, uma viagem interior e de descobertas. 
   Penso que todo adolescente deve ler esse livro, mas adultos também, um livro para questionarmos nossa zona de conforto, nossa vida e que de vez em quando precisamos mudar radicalmente e fazer coisas nunca pensadas antes.


nome: Cidade de papel
autor: John Green
paginas:368