24/06/2014

A Cula é das Estrelas II

  Bom eu geralmente não faço isso, mas minha amiga deu uma opinião sobre o filme que realmente me tocou e preciso postar isso aqui, ai vai uma segunda opinião:
Oiiiee...Demorei pra aparecer mas vim!  hahaha
Aqui está meu comentário do filme:
É difícil lidar com uma doença terminal e não se emocionar, mas misturar isso com o encanto do tão idealizado primeiro amor trás a certeza da necessidade de separar o lencinho! O choro foi garantido, não é Nina?? Confesso que chorrei litros. hahahhahah
Apesar de não ter lido o livro, o filme me "prendeu" de maneira indescritível, mostrando que foi um grande trabalho de todos os envolvidos, sem dúvidas merecem todo o reconhecimento e prêmios por essas interpretações!
São papeis de extremo peso emocional e ambos arrebentaram!
Além de toda produção, trilho sonora e efeitos. Merecidos Parabéns!
 Junto a isso, as inúmeras interpretações da história verídica: Nenhum relacionamento é um conto de fadas, apesar de sermos criadas a alimentarmos essa perfeição. A doença, a amputação e outros elementos presentes que tiveram que ser superados pelos protagonistas do filme para concretizarem o amor podem ser comparados com os desentendimentos e divergentes opiniões diárias que todos possuímos, por termos criações diferenciadas, e que devem ser ultrapassados pelas duas pessoas envolvidas em prol da preservação do relacionamento.
Aproveitar os pequenos momentos e desfrutar pequenos atos diários que nos fazem felizes, visto que eles podem acabar em alguns segundos! Acredito que essa seja a principal mensagem do filme.
Por fim, gostaria de agradecer a companhia do filme! Assisti-lo com você tornou-o melhor ainda! ;)
Sucesso no seu blog!!
Muitos beijos e abraços de ursos!
Saudades já... Mari!

by: Mariana E.